Valdivia, um polo gerontológico para o Chile

Valdivia, um polo gerontológico para o Chile

Nos dias 30 e 31 de maio, a Fundação Oportunidad Mayor do Chile, organizou um seminário para lançar a iniciativa “Valdivia: polo gerontológico”. O evento, que teve participação de 400 pessoas, contou com uma palestra do Dr. Alexandre Kalache, Presidente do ILC-Brasil que falou sobre promoção da saúde, envelhecimento ativo e a necessidade de nos preparamos o quanto antes para uma vida longeva. A frase “o quanto antes, melhor; mas nunca é tarde demais” ficou como take-away message para o público.

Público do semináro

Valdivia pretende se tornar num polo gerontológico, ou seja, uma cidade modelo que permite pessoas a envelhecerem de maneira ativa. A ideia é que as ferramentas utilizadas em Valdivia possam inspirar o resto do país e que isso ajudará a construir uma iniciativa nacional de oportunidades e de cuidado integrado para pessoas idosas. Uma das atividades concretas da cidade é se tornar uma Cidade Amiga do Idoso e fazer parte da Rede Global de Cidades e Comunidades Amigas do Idoso da Organização Mundial de Saúde.