I Encontro de Gerontologia do Estado da Bahia

I Encontro de Gerontologia do Estado da Bahia

Neste final de semana, estivemos no I Encontro de Gerontologia do Estado da Bahia na UCSAL. O encontro reuniu profissionais e estudantes de várias áreas, determinados em tornar a experiência do envelhecimento no Brasil mais digna, com menos desigualdades.

O Encontro foi aberto com uma conferência do Prof. Dr. Serafim Fortes Paz da UFF que falou sobre as questões e os caminhos de uma sociedade que envelhece. Dr. Serafim falou das imperfeições humanos como preconceitos, discriminação, marginalização e intolerâncias. Lembrou que, ao falar da velhice, temos que ter o cuidado de pensar na diversidade, porque um envelhecimento padrão não existe.

Ainda na sessão de abertura, teve palestra da nossa diretora técnica, Ina Voelcker, que falou sobre tecnologias e inovações em gerontologia. Ao apresentar tecnologias desenvolvidas especificamente para idosos e outras inovações que beneficiam o idoso, ela expressou uma preocupação com os riscos, por exemplo, a retirada de direitos à privacidade, e concluiu que tecnologia de jeito nenhum deve substituir o contato humano. É importante reconhecer e explorar as contribuições substanciais que tecnologias possam fazer na vida de uma pessoa (idosa) e ao mesmo tempo sempre questionar se as vantagens superam as desvantagens.

No dia seguinte, teve apresentações de várias iniciativas, como por exemplo, o curso de cuidador do FURNAS; o Proactive, uma ferramenta de suporte em saúde mental para agentes comunitários de saúde em São Paulo ou a re-autoria da vida, projeto com residentes de uma ILPI em Salvador.