Plano de ação “Cidade para Todas as Idades” lançado durante Jornada de Inverno da SBGG-RS

Plano de ação “Cidade para Todas as Idades” lançado durante Jornada de Inverno da SBGG-RS

No dia 29 de julho foi lançado o Plano de Ação “Cidade para Todas as Idades” e celebrada a assinatura do termo de compromisso da Prefeitura que será entregue ainda esse mês à Organização Mundial de Saúde (OMS) com o pedido de aderir à Rede Global de Comunidades e Cidades Amigas do Idoso.

Representantes do Conselho Municipal do Idoso de Veranópolis (CMI), da Prefeitura, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), da Associação Veranense em Assistência à Saúde (AVAES) e o Centro Internacional de Longevidade Brasil (ILC-Brasil), que em conjunto desenvolvem o trabalho para tornar Veranópolis uma cidade mais amiga do idoso, estavam presentes neste momento importante. O projeto está sendo desenvolvido dentro de um programa de parceria entre a CPFL Energia S.A. e o ILC-Brasil. A CPFL, por meio da doação de recursos do seu Imposto de Renda para o Conselho Municipal do Idoso, financiou o trabalho de pesquisa que serviu para elaboração do plano de políticas intersetoriais que vão beneficiar a população. O CMI também reservou parte do recurso da CPFL para o desenvolvimento do Plano de Ação.

O Prefeito Carlos Alberto Spanhol inspirou as falas dos demais palestrantes com a metáfora de que a CPFL “deu literalmente luz” a esta iniciativa em Veranópolis. O Dr. Alexandre Kalache, presidente do ILC-Brasil e fundador da iniciativa “Cidade Amiga do Idoso” da OMS, destacou a importância de envolver os vários setores (público, privado, academia e sociedade civil) neste projeto. Também expressou sua alegria que o trabalho em Veranópolis foi desenvolvido com rigor e em observância dos requisitos estabelecidos pela OMS que requerem que a cidade: 1) envolva pessoas idosas em todas as fases deste processo, 2) tenha um compromisso formal do poder público, 3) desenvolva uma pesquisa com idosos para estabelecer a linha de base, 4) elabore um plano de ação baseado nas evidências da linha de base e 5) estabeleça um processo de monitoramento e avaliação da implementação do plano de ação.

A Presidente do Conselho Municipal, Neide Maria Bruscato, que como pesquisadora e representante da sociedade civil teve grande liderança neste projeto, demonstrou gratidão, pois a CPFL e o ILC-Brasil selecionaram Veranópolis como primeira cidade que assim se torna pioneira no Brasil. O gerente de sustentabilidade do Grupo CPFL, Carlo Pereira, falou sobre como a parceria começou: com um desencontro no dia da gravação do Café Filosófico no qual o Dr. Kalache falou sobre a revolução da longevidade e a urgência de investir em cidades mais amigas do idoso para absorver o impacto do envelhecimento populacional. A coordenadora técnica do projeto do ILC-Brasil, Ina Voelcker retratou um pequeno histórico do projeto e apresentou alguns resultados da avaliação dos veranenses. O Prefeito Carlos Alberto Spanhol agradeceu a todos os profissionais desenvolvidos e assinou, ao final do evento, a carta de compromisso, expressando orgulho em poder concretizar com essas parcerias uma conquista que melhora a qualidade de vida dos veranenses.

 

Crédito da foto: Guilherme Augusto Zatti Pulita, RGE/CPFL.